‘Os Maiden representam algo que não é descartável’ diz Bruce Dickinson

by

O Mirror.co.uk entrevistou recentemente o vocalista dos Iron Maiden, Bruce Dickinson, que falou sobre a fama e excessos da banda.

Sobre excursionar pelo mundo fora:

“Nós acabamos de passar pelo Canadá e a reacção do público lá é muito mais parecida com a do público inglês do que a do público americano. Eles são familiarizados com os gritos de futebol. Os americanos não ficam em silêncio também. Eles chacoalham muito com as mãos no ar e gritam ‘woo hoo’, enquanto os canadenses gritam em grande coro: ‘Maiden, Maiden'”.

Sobre o sustento de uma fórmula vencedora:

“Essa é uma das razões pelas quais agora nós somos maiores do que nunca, enquanto muitas bandas e pessoas em geral se preocupam com o que os outros pensam deles e mudam de acordo com isso, nós não, porque nós nunca nos importamos com o que os outros pensam. Nós sempre pensamos que se as pessoas não gostam do que tocamos, tudo bem – nós apenas teremos que tocar para um público menor. Mas o oposto provou o caso”.

Sobre a fenomenal popularidade dos Maiden:

“Eu acho que isso tem a ver com muitas coisas. Nós começamos uma nova geração inteira de bandas de Metal e não existem muitas originais por aí. Os Stones – abençoados sejam — são certamente uma delas, e eu ficarei muito feliz se nós ainda estivermos a actuar por aí como eles aos 65. Com a internet, bandas vêm e vão a cada 5 minutos e a música se torna descartável. Os MAiden representam algo que não é descartável.”

Sobre os fãs dos Maiden:

“Nós literalmente não existiríamos sem os nossos fãs. A imprensa e a rádio não nos dão muita ajuda. O mesmo com a MTV. Por sorte, nós temos muitos miúdos a dizer: vamos lá ver os Maiden.”

Sobre os excessos do Rock ‘N’ Roll durante o começo da carreira do Maiden:

“Nós éramos um bando de rapazes aos 24 anos, vindos da Inglaterra, actuando pela América nos anos 80. O que você acha que aconteceu? Nós não éramos vigários, mas ao mesmo tempo, não éramos idiotas. Ninguém era casado, ninguém se prejudicou e nós todos ainda estamos aqui para falar sobre isso. Nós orgulhamo-nos do fato de que estamos em forma, somos saudáveis, bebemos cerveja e damos risadas.”

Podem ler o resto da entrevista, em inglês, em Mirror.co.uk.

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: