[Crítica] Children Of Bodom – Blooddrunk

by

Children Of Bodom – Blooddrunk
Data de lançamento: Abril de 2008
Género: Death Metal
Editora: Spinefarm

Apesar de não ser grande fã de Death Metal, os finladeses Children Of bodom sempre foram uma das minhas bandas preferidas pela excelente composição das suas músicas ao nivel das guitarras e os excelentes vocais de Alex Laiho. Se a banda até agora só tinha lançado excelentes álbuns, ‘Blooddrunk’ torna-se ‘no’ álbum mais fraco do grupo até ao momento. Não que seja um álbum fraco, não o é, mas sim um álbum onde se nota alguma falta de criatividade. As melhores músicas são facilmente escolhidas a dedo e não temos a mesma intensidade que vinha sendo praticada nos álbuns anteriores com músicas bem ao estilo de COB.

O álbum até nem começa mal, com a excelente ‘Hellhounds On My Trail’ mas vai-se perdendo numa sonoridade ora mais lenta e repetitiva ora mais rápida mas sem a mesma ‘alma’ de antigamente, excepção feita ás ultimas musicas do álbum. Destaque ainda para a voz de Alex Laiho que está fenomenal e para as faixas ‘One Day You Will Cry’, ‘Tie My Rope’, ‘Banned from Heaven’ que está tambem excelente e a terminar  álbum ‘Roadkill Morning’ uma faixa rápida e bem executada tecnicamente, ao estilo da banda. Esperava mais de uma banda que até agora, na minha opinião só tinha lançado grande álbuns, de entre os quais dois clássicos do Metal (Hatebreeder e Follow The Reaper). No entanto um bom álbum para os fãs da banda, de Death Metal e das guitarras!

Nota: 7.5/10

Etiquetas: , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: