[Crítica] Guns N’Roses – Chinese Democracy

by

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

GUNS N’ROSES – Chinese Democracy
Data de lançamento: 24 Novembro 2008
Género: Hard-Rock
Editora: Geffen

Tracklist:

1. Chinese Democracy
2. Shackler’s Revenge
3. Better
4. Street Of Dreams
5. If The World
6. There Was A Time
7. Catcher In The Rye
8. Scraped
9. Riad n’ The Bedouins
10. Sorry
11. I.R.S.
12. Madagascar
13. This I Love
14. Prostitute

Line-Up:

Axl Rose (voz, piano)
Richard Fortus (guitarra)
Ron “Bumblefoot” Thal (guitarra)
Tommy Stinson (baixo)
Frank Ferrer (bateria)
Dizzy Reed (teclado, piano, percussão)
Chris Pitman (teclado, electrónica)

 

 

 

 

 

 

Eis o tão esperado álbum, finalmente nas lojas.
Este suspiro será comum a muitos fãs do grupo e não só que esperaram longíssimos 17 anos desde o último de originais e muito suor e lágrimas e alguns devaneios de Mr. Axl para que o produto chamado “Chinese Democracy” estivesse entre nós.

A fama de “fazer esperar” já ninguem tira ao carismático lider dos Guns’n’ Roses agora com formação nova sem qualquer dos originais, exceptuando o próprio.

O anúncio da data final de saida foi visto por mim de lado, mas felizmente tudo se proporcionou para a sua saida, um pouco também devido a libertação de versões do disco em mp3 por sites de pirata, situação que levou até à detenção do individuo americano que largou o conteudo primeira na web, como já devem ter tido conhecimento.

Devo dizer que após tudo isto as esperanças não era muitas para a análise a este disco. Começando pela capa temos uma bicicleta com um cesto, o logotipo na lateral e na vertical e ainda outros efeitos chineses numa alusão evidente ao titulo.

E o que será a Democracia Chineses para Axl?
É talvez um álbum de hard-rock, onde são mostrados os seus dotes vocais, versatilidade mas ao mesmo tempo um egocentrismo tipico no estado em que a banda mitica dos anos 80/90 se encontra.
A longa formação actual conta ainda com Richard Fortus e Ron “Bumblefoot” Thal na guitarra, Tommy Stinson no baixo, Frank Ferrer na bateria, Dizzy Reed nos teclados, piano e percurssão e ainda Chris Pitman nos teclados e electrónica.

No geral o álbum tem uma sonoridade muito orgânica, muito limpida. Os vocais são altamente notáveis e em boa forma ainda que exageradamente destacados e agressivos. Existem uns bons acordes e riffs de guitarra ao longo das 14 faixas notando aqui a presença de duas guitarras e ainda a presença de efeitos electronicos. No sentido integral da palavra, e no que me consta, este álbum não soa a Guns’n’Roses dos seus anteriores álbuns, especialmente Appetite for Destruction ou mesmo Use Your Illusion I/II.

Apesar de boa musicalidade faixas conseguidas para um qualquer álbum de hard-rock, como “Chinese Democracy”, “Better” ou a balada “Madagascar” há uma sensação de tempo e dinheiro desperdiçado e maior ainda que este será recordado sim pela sua data de saida e não pelo conteúdo em si. Dificilmente se lembrará de algumas músicas aqui como clássicos daqui a alguns anos.

Um ponto positivo para este “Chinese Democracy” é o facto de ser menos chessy e comercial que os primeiros do grupo. Nota-se evolução, talvez algo conseguido apenas com esta formação em particular, nunca se saberá.
Contudo o álbum melhora com várias audições e daí parte a nota dada, mas não consegue impressionar nem fazer esquecer toda a “barracada” em que esteve envolvido e tendo em conta que bandas com menos milhões e mais paixão e atitude que Axl e companhia conseguem colocar um grande disco, este é claramente prejudicado.
Um álbum de Guns’n’Roses e de hard-rock perfeitamente mediano.

notas65

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: