[Crítica] Iron Maiden – Fear Of The Dark

by

Iron Maiden – Fear Of The Dark
Data de Lançamento: Maio 1992
Género: Heavy Metal
Editora: EMI Records

Tracklist:

1. “Be Quick or Be Dead” (Bruce Dickinson, Janick Gers) – 3:24
2. “From Here to Eternity” – 3:38
3. “Afraid to Shoot Strangers” – 6:56
4. “Fear Is the Key” (Dickinson, Gers) – 5:35
5. “Childhood’s End” – 4:40
6. “Wasting Love” (Dickinson, Gers) – 5:50
7. “The Fugitive”– 4:54
8. “Chains of Misery” (Dickinson, Dave Murray) – 3:37
9. “The Apparition” (Harris, Gers) – 3:54
10. “Judas Be My Guide” (Dickinson, Murray) – 3:08
11. “Weekend Warrior” (Harris, Gers) – 5:39
12. “Fear of the Dark”– 7:18

Lineup:

Bruce Dickinson – Vocais
Dave Murray – Guitarra
Janick Gers – Guitarra
Steve Harris – Baixo
Nicko McBrain – Bateria

Depois de sentir o sabor de um lançamento menos bom, com o álbum “No Prayer For The Dying” (que até foi um sucesso comercial), a banda tentou voltar aos “Golden Years” e lançou em 1992 o aclamado “Fear Of The Dark”.

Mantendo a mesma formação do álbum anterior, que tinha contado com a entrada do guitarrista Janick Gers, “Fear Of The Dark” é muitas vezes apelidado de “Clássico” pelos fãs da banda, um pouco do género do “The Black Album” dos Metallica. Apesar de ser um álbum de Heavy Metal muito bom, não possui as características de um clássico absoluto como um “The Number Of The Beast” ou um “Powerslave”.

Bruce Dickinson melhorou bastante a voz, embora na minha opinião, a voz de Dickinson naquela altura estivesse a ter algumas “mudanças”. Mais rouca e fraca, notando-se mesmo nos espectáculos ao vivo. Felizmente Bruce recuperou a sua voz nos dias de hoje…

“Fear Of The Dark” consegue mesmo assim ser dos melhores álbuns da banda com grandes músicas como “Be Quick Or Be Dead”, “From Here To Eternity”, uma das faixas que mais gostaria de ouvir ao vivo, a linda “Afraid To Shoot Strangers”, a épica “Childhood’s End” que facilmente entraria no “Seventh Son Of A Seventh Son”, a espectacular “Judas Be My Guide” (e já agora, uma das melhores faixas da banda!) e a clássica “Fear Of The Dark”.

Destacar também a balada “Wasting Love” que foi um grande sucesso comercial e que atraiu muitos fãs para a banda, sendo uma música muito bem elaborada pela banda, com destaque para Dickinson.

Tudo parecia estar no bom caminho, com um bom álbum lançado e uma legião de fãs em todo o mundo a pedir que a banda “reinasse” na década de 90. Um grande álbum de Heavy Metal, recomendado para todos os fãs do género e, obviamente, da banda.

Nota: 9.0/10

Etiquetas: , , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: